Pesquisar:

Mensagem da Diretora Pedagógica

Disciplina sim, por favor.

Talvez por ser da área do Direito, talvez por ter tido uma educação repleta de regras e balizas, ou simplesmente pela experiência social acumulada, entendo que a disciplina é fundamental. 

Aristóteles afirmou que o “Homem é um ser eminentemente social”, querendo com isso dizer que ele precisa de viver em sociedade e, por isso, de se relacionar com os outros. A convivência social permite a existência de vários grupos de integração social e tem sido, desde os primórdios, uma questão de sobrevivência da nossa espécie. E para que essa convivência ocorra de forma pacífica são necessárias regras que pautem a conduta de cada um, que definam o que pode e não pode fazer, e que imponha sanções no caso do seu incumprimento. E se o Direito define a esmagadora maioria dessas regras de harmonização do convívio social, outras ordens normativas, como a religiosa, a moral ou a do trato social também contribuem com normas para orientar a nossa vida em sociedade.

As pessoas têm de ter conhecimento dessas regras – é esse o papel do processo de socialização - e das sanções associadas ao seu incumprimento. Só assim podem decidir com liberdade e, consequentemente, com responsabilidade.

Dentro da escola, um dos grupos sociais de integração social, a questão das regras e disciplina é fundamental. Não só porque se definem, através delas, os comportamentos permitidos e proibidos na instituição, os direitos e deveres de todos os elementos da comunidade educativa, mas também porque os alunos ainda se encontram em processo de socialização, pelo que tudo devemos fazer para os ajudar a interiorizar a importância do reconhecimento e do cumprimento das regras previstas em normativos vários como, por exemplo, no Regulamento Interno, contribuindo para o desenvolvimento equilibrado da sua personalidade e para a construção de uma cidadania responsável.

Nós, os profissionais da educação, temos o dever de informar os nossos alunos das regras que lhes são impostas pelo Regulamento Interno das escolas. Mas também devemos sempre exigir o seu cumprimento e, caso este não aconteça, sancionar. 

A sanção disciplina. E nós precisamos muito de disciplina nas escolas.

Por isso, disciplina sim, por favor.

 

Margarida Rodrigues

Diretora Pedagógica da Escola Profissional de Ourém

Imagens