Pesquisar:

Mensagem da Diretora Executiva

EDITORIAL DO INFORMAR - Publicado no Notícias de Ourém a 20 de janeiro

 

Contar histórias… 

Em todas as edições deste nosso jornal “Informar” contamos histórias da nossa vida. Histórias que vivemos enquanto escola, enquanto comunidade educativa, dos nossos professores, dos nossos alunos, da formação e da qualificação de adultos, das festas e cerimónias que temos realizado ao longo do tempo. É importante deixar o tempo escrito. Deixar guardada a memória que um dia já não teremos. Mas contamos histórias porque sabemos que isso pode fazer a diferença. Nesta primeira edição do ano de 2023 trazemos a retrospetiva dos últimos 3 meses do ano, tempo esse que corresponde às histórias dos primeiros 3 meses de ano letivo. Confuso? É verdade. O ano nas escolas corre de forma diferente do ano civil. Começámos em setembro 2022 o ano letivo e com ele novos cursos, novas turmas e novas histórias para contar das nossas escolas e atividades. Trazemos neste número alguns exemplos do intenso calendário de participação em eventos em que estivemos envolvidos, mas também alguns onde vamos estar. Abordamos as turmas orgulhosas de adultos que certificamos e ainda as novas formações profissionais que temos em “carteira”. Damos conta dos muitos projetos internacionais em que participamos e aqueles onde iremos estar nos próximos tempos. E de todos eles mostramos a história contada pelos nossos alunos e professores, porque essa é uma história que faz a diferença na sua vida todos os dias. Se tivermos que fazer um resumo do ano de 2022 não nos chegam estas páginas que aqui trazemos, mas a retrospetiva é importante e gostamos sobretudo de que a nossa história fique nas vossas memórias. Temos sempre coisas à espera de vez para acontecer e muitas também a acontecer ao mesmo tempo. A beleza duma escola pode ser definida também por isso, não há 2 dias iguais. A cada ano temos 2 temas de escola que inspiram os trabalhos dos alunos e convidam à reflexão sobre os mesmos em vários momentos importantes. Para a Escola de Hotelaria de Fátima decidimos este ano enveredar pelos caminhos do “Turismo Literário” e para a Escola Profissional de Ourém entendemos que era importante “Valorizar as Profissões”. Estamos a iniciar mais um ano civil e com 12 meses de oportunidades pela frente, com mais ou menos inspiração dos deuses, que às vezes parece que devem andar loucos. Deixo a minha formulação tradicional destas épocas, de que 2023 nos traga bons motivos para celebrar, um mundo menos agitado e sobretudo, a paz que tanto auspiciamos.

Carina João Oliveira

Diretora Executiva

Imagens