Pesquisar:

"Gastronomia Hospitalar" Prémio da Fundação Ilídio Pinho/Ministério da Educação

Escola de Hotelaria de Fátima entre os 50 melhores projectos.

A cerimónia da entrega dos prémios da 16ª Edição do Prémio Fundação Ilídio Pinho “A Ciência na Escola ao serviço do Desenvolvimento de Portugal” em parceria com o Ministério da Educação, decorreu na passada quarta-feira, 12 de Fevereiro de 2020 na Escola Secundária José Estevão em Aveiro, tendo a Escola de Hotelaria de Fátima sido galardoada com uma Menção Honrosa pelas mãos do Ministro da Educação Tiago Brandão Rodrigues e do Eng.º Ilídio Pinho.

“Gastronomia Hospitalar” é um projecto que enche de orgulho toda a comunidade educativa, sobretudo pelo ano de trabalho que envolveu a área técnica de cozinha/pastelaria conjuntamente com a empresa Trivalor, mas também pelos prémios de reconhecimento que tem conquistado. Este ano, foram apresentadas a concurso 1390 projectos de escolas públicas e privadas, o que constituiu um recorde do Prémio “Ciência na Escola”, e após várias fases de seleção, o Júri Nacional revelou a listagem dos 50 vencedores desta 16ª edição.

A Escola de Hotelaria de Fátima, integrada no escalão 5 – ensino secundário, arrecadou uma Menção Honrosa que acima de tudo premeia o trabalho desenvolvido na comunidade de forma colaborativa, com empresas e entidades que se assumem de relevante importância no sector. O desafio surgiu em 2019 e incluiu uma parceria da Escola com um dos maiores fornecedores de alimentação colectiva na área hospitalar, o grupo Trivalor, como numa fase posterior o Hospital de Cascais. Esta parceria permitiu aos alunos e formadores da área técnica a concepção e aplicação de ementas validadas medica e nutricionalmente para doentes, com necessidades especiais ao nível da alimentação, mas cujo resultado final se pretendeu diferente da tradicional “comida de hospital”.

Um ponto importante deste trabalho foi também a necessidade de se respeitarem orçamentos base e equipamentos tradicionalmente presentes nas cozinhas de hospital. No final houve lugar à avaliação por parte dos diversos stakeholders intervenientes no projecto. A Escola destaca não apenas o prémio obtido que valoriza todos os que nele contribuíram, mas sobretudo, realça o conceito de melhoria da vida dos doentes nos hospitais, perspectivando que um dia o resultado possa ser aplicado em todos os hospitais do país.

Imagens