Pesquisar:

FORMAÇÃO EM CONTEXTO DE TRABALHO (FCT)

40. O que é a Formação em Contexto de Trabalho (FCT)?

41. Onde se realiza a FCT?

42. Que condições devem ter as entidades para receberem alunos para a FCT?

43. A FCT tem custos para a empresa?

44. A escola está aberta à assinatura de mais protocolos de parceria no âmbito de FCT?

45. Um aluno pode desenvolver a FCT numa entidade no estrangeiro?

46. Quantas horas deFCT tem de cumprir o aluno diariamente?

47. Como estão distribuídas as horas de FCT na EPO?

48. Quais os procedimentos para colocação de um aluno em FCT?

49. O que fazem os alunos durante a FCT?

50. Quais são as responsabilidades da Escola no que respeita à realização da FCT pelos seus alunos?

51. Quais as responsabilidades da entidade de acolhimento de FCT?

52. Quais são as responsabilidades dos alunos durante a realização da FCT?

53. Quem acompanha os alunos na FCT?

54. Quais são as responsabilidades do Orientador de FCT nomeado pela escola?

55. Quem participa na avaliação da FCT?

56. Quais os apoios a que o aluno tem direito durante a FCT?

57. Como funcionam os estágios internacionais promovidos pela EPO?

58. Que encargos serão suportados pelas famílias na questão dos estágios internacionais?

 

 

40. O que é a Formação em Contexto de Trabalho (FCT)?

A FCT integra um conjunto de atividades profissionais desenvolvidas sob coordenação e acompanhamento da escola, que visam a aquisição ou o desenvolvimento de competências técnicas, relacionais e organizacionais relevantes para o perfil profissional visado pelo curso frequentado pelo aluno - artº 3º nº 1 da Portaria 74A/2013 de 15 de fevereiro.

[Topo]

 

41. Onde se realiza a FCT?

A FCT realiza-se em empresas ou noutras organizações, sob a forma de experiências de trabalho por períodos de duração variável ao longo da formação, ou sob a forma de estágio em etapas intermédias ou na fase final do curso.(artº 3º nº 2 da Portaria 74A/2013 de 15 de fevereiro).

[Topo]

 

 

42. Que condições devem ter as entidades para receberem alunos para a FCT?

As entidades que recebem alunos dos cursos profissionais em FCT devem um Tutor de FCT dentre os seus colaboradores, que deverá preparar o acolhimento do aluno e garantir que seja cumprido o plano de formação acordado, a desenvolver no período de estágio. Estes requisitos devem constar do protocolo de FCT, a assinar por todos os intervenientes.

[Topo]

 

 

43. A FCT tem custos para a empresa?

Não, a empresa não tem qualquer custo adicional. Os alunos encontram-se cobertos por um seguro de acidentes pessoais durante o tempo em que decorre a FCT.

[Topo]

 

 

44. A escola está aberta à assinatura de mais protocolos de parceria no âmbito de FCT?

Sim. Qualquer protocolo de parceria que traga vantagens para as duas entidades é sempre uma mais-valia. A entidade que o pretenda deve contactar a EPO através do telefone geral ou do email epo3@insignare.pt

[Topo]

 

 

45. Um aluno pode desenvolver a FCT numa entidade no estrangeiro?

Sim. Desde que se cumpra o regulamento da FCT e que seja autorizado pela Direção Pedagógica.

[Topo]

 

 

46. Quantas horas de FCT tem de cumprir o aluno diariamente?

O horário da FCT é ajustado ao horário de funcionamento da entidade de acolhimento, não devendo ultrapassar as trinta e cinco horas semanais, nem as sete horas diárias.

[Topo]

 

 

47. Como estão distribuídas as horas de FCT na EPO?

Na EPO os alunos fazem 6 meses de FCT, com a seguinte distribuição: um mês no primeiro ano, dois meses no segundo ano e três meses no terceiro ano.

[Topo]

 

 

48. Quais os procedimentos para colocação de um aluno em FCT?

A escola deve estabelecer protocolos com instituições/empresas que permitam ao aluno desenvolver atividades profissionais compatíveis e adequadas ao perfil profissional visado pelo curso frequentado. Compete à escola definir, no Regulamento Específico da FCT, os critérios de distribuição dos alunos pelas entidades de acolhimento.

[Topo]

 

 

49. O que fazem os alunos durante a FCT?

A Formação em Contexto de Trabalho visa a aquisição e o desenvolvimento de competências técnicas, relacionais e organizacionais relevantes para a qualificação profissional a adquirir. O aluno deverá, por isso, sob a supervisão de um tutor, executar tarefas relacionadas com o seu perfil de saída, similares ao contexto real de trabalho, e obter formação prática no âmbito da sua área de estudo, dando cumprimento a um plano de trabalho individual elaborado com a participação da escola e da entidade de acolhimento.

[Topo]

 

 

50. Quais são as responsabilidades da Escola no que respeita à realização da FCT pelos seus alunos?

Nos termos do artigo 4º, nº1 da Portaria 74A/2013 de 15 de fevereiro, são responsabilidades específicas da escola:

a) Assegurar a realização da FCT, nos termos definidos na lei e nos regulamentos aplicáveis;

b) Assegurar a elaboração dos protocolos com as entidades de acolhimento;

c) Estabelecer os critérios e distribuir os alunos pelas entidades de acolhimento;

d) Assegurar a elaboração e a assinatura dos contratos de formação com os alunos e seus encarregados de educação, se aqueles forem menores;

e) Assegurar a elaboração do plano de trabalho do aluno, bem como a respetiva assinatura por parte de todos os intervenientes;

f) Assegurar o acompanhamento da execução do plano de trabalho do aluno, bem como a avaliação de desempenho dos alunos, em colaboração com a entidade de acolhimento;

g) Assegurar que o aluno se encontra coberto por seguro em todas as atividades da FCT;

h) Assegurar, em conjunto com a entidade de acolhimento e o aluno, as condições logísticas necessárias à realização e ao acompanhamento da FCT

[Topo]

 

 

51. Quais as responsabilidades da entidade de acolhimento de FCT?

Nos termos do artigo 4º, nº3 da Portaria 74A/2013 de 15 de fevereiro, são responsabilidades específicas da entidade de acolhimento:

a) Designar o tutor;

b) Colaborar na elaboração do plano de trabalho do aluno;

c) Atribuir ao aluno tarefas que permitam a execução do seu plano de trabalho;

d) Colaborar no acompanhamento e na avaliação do desempenho do aluno na FCT;

e) Assegurar o acesso à informação necessária ao desenvolvimento da FCT, nomeadamente no que diz respeito à integração socioprofissional do aluno na entidade;

f) Controlar a assiduidade e a pontualidade do aluno;

g) Assegurar, em conjunto com a escola e o aluno, as condições logísticas necessárias à realização e ao acompanhamento da FCT

[Topo]

 

 

52. Quais são as responsabilidades dos alunos durante a realização da FCT?

Nos termos do artigo 4º, nº4 da Portaria 74A/2013 de 15 de fevereiro, são responsabilidades específicas do aluno:

a) Colaborar na elaboração do seu plano de trabalho;

b) Participar nas reuniões de acompanhamento e avaliação da FCT para que for convocado;

c) Cumprir, no que lhe compete, o seu plano de trabalho;

d) Respeitar a organização do trabalho na entidade de acolhimento e utilizar com zelo os bens, equipamentos e instalações da mesma;

e) Não utilizar, sem prévia autorização da entidade de acolhimento, a informação a que tiver acesso durante a FCT;

f) Ser assíduo e pontual;

g) Justificar as faltas perante o diretor de turma, o diretor de curso e o tutor, de acordo com as normas internas da escola e da entidade de acolhimento;

h) Elaborar os relatórios intercalares e o relatório final da FCT, de acordo com o estabelecido no regulamento interno da escola

[Topo]

 

 

53. Quem acompanha os alunos na FCT?

O aluno é acompanhado na realização da FCT pela atuação conjunta do Orientador de Curso e pelo Tutor da empresa de acolhimento.

[Topo]

 

 

54. Quais são as responsabilidades do Orientador de FCT nomeado pela escola?

Nos termos do artigo 4º, nº2 da Portaria 74A/2013 de 15 de fevereiro, são responsabilidades específicas do Orientador de FCT:

a) Elaborar o plano de trabalho do aluno, em articulação com o diretor de curso e, quando for o caso, com os demais órgãos e estruturas de coordenação e supervisão pedagógica competentes, bem como com os restantes professores do curso e o tutor designado pela entidade de acolhimento do aluno;

b) Acompanhar a execução do plano de trabalho do aluno, nomeadamente através de deslocações periódicas aos locais em que a mesma se realiza, pelo menos duas vezes por período de FCT;

c) Avaliar, em conjunto com o tutor designado pela entidade de acolhimento, o desempenho do aluno;

d) Acompanhar o aluno na elaboração dos relatórios da FCT;

e) Propor ao conselho de turma de avaliação, ouvido o tutor, a classificação do aluno na FCT.

[Topo]

 

 

55. Quem participa na avaliação da FCT?

O aluno, a Escola (através do Orientador de Curso, que é, por inerência, Orientador de FCT) e a entidade enquadradora de FCT, através do Tutor de FCT nomeado por esta.

[Topo]

 

 

56. Quais os apoios a que o aluno tem direito durante a FCT?

De acordo com a legislação em vigor, durante o período de realização da FCT, pode ser atribuído ao aluno um subsídio de alimentação e uma bolsa de profissionalização.

[Topo]

 

 

57. Como funcionam os estágios internacionais promovidos pela EPO?

Os alunos podem-se candidatar às vagas existentes anualmente para o efeito, sendo depois selecionados tendo em conta alguns critérios de seleção, que englobam, entre outros, o aproveitamento escolar, o compromisso com a escola, a fluência da língua inglesa e a autonomia.

[Topo]

 

 

58. Que encargos serão suportados pelas famílias na questão dos estágios internacionais?

Os alunos selecionados terão direito a uma bolsa para as despesas de deslocação (viagem de ida e de regresso), bem como um valor diário para efeito de subsistência, definido pelo programa Erasmus+, tendo em conta o nível de vida do país onde se vai realizar o estágio.

[Topo]